O apresentador do SBT Ratinho usou o Instagram para destilar preconceito e criticar o que ele chamou de “exagero” de veados” nas produções da emissora concorrente, a Rede Globo. Na rede social, Ratinho postou um vídeo depois de assistir ao segundo episódio da série “Entre Irmãs, e reclamou do fato de existiram personagens homossexuais nas produções de todos os horários exibidas pela emissora carioca.

“Eu tava vendo a novela da Globo agora, negócio de cangaceiro, a gente tem que olhar o que está concorrendo com a gente. Mas poxa, a Globo colocou veado até em filme de cangaceiro, naquele tempo não tinha veado, não. Vocês acham que tinham veado naquele tempo? É muito veado. É veado 6 horas da tarde, 8 da noite, 9 da noite, veado 10 da noite. É muito veado. Eu não sei o que tá acontecendo, não tem tanto veado assim. Ou tem? Será?”, disse Ratinho, visivelmente incomodado com a presença de gays em novelas e séries, na rede social.

No filme “Entre Irmãs”, que a Globo dividiu em quatro capítulos para exibir em formato de minissérie, o personagem Degas, vivido por Rômulo Estrela, se envolve com Felipe (Gabriel Stauffer). A Globo também aborda a diversidade em outras produções da casa como em “Malhação”, onde Lica (Manoela Aliperti) e Samantha (Giovana Grigio) estão começando um romance; em “Pega Pega”, novela que tem as personagens transexuais Sara e Nina, vividas por Gabriel Sanches e Alessandro Brandão; e em “O Outro Lado do Paraíso”,novela em que Samuel (Eriberto Leão) vive o dilema de não aceitar sua sexualidade.

Comentários
COMPARTILHAR