Os 18 Alimentos que Ajudam a Controlar a Diabetes de forma simples e rica em nutrientes naturais. Alem disso, a diabetes é uma doença que atinge grande parte da população. Ela acontece quando o pâncreas não consegue produzir a quantidade de insulina adequada para o organismo, aumentando a quantidade de glicose no corpo.

Por isso, o primeiro passo de quem sofre com a doença é eliminar o açúcar, maior fonte de glicose existente. Quer começar uma dieta saudável? Fora isso, alguns alimentos são capazes de controlar essa glicose e ajudar no controle da diabetes. Então, vamos conferi agora os 18 alimentos que ajudam a controlar a diabetes.

Farinha de Maracujá: Um dos alimentos que ajudam a controlar a diabetes é a farinha de maracujá. Ser você consumir fibras é especialmente importante para os diabéticos. Naturalmente, ele já reduzem a absorção de glicose durante o processo de digestão, além de proporcionarem um melhor transito intestinal, acabando com pressão de ventre.

As fibras da farinha de maracujá irão cumpri esta função e também proporcionar sensação de saciedade em dietas. O ideal é uma 1 colher (sopa) por dia.

Nozes, Castanhas e Amêndoas: As nozes e castanha são um dos grandes alimentos que ajudam a controlar a diabetes. Elas são uma fonte de gorduras boas. Seu consumo esta inversamente associados ao risco de diabetes tipo 2.

Possamos baixa índice glicêmico e alto teor de fibras, além de magnésio, gorduras monoinsaturadas. Portanto, nozes, castanhas e amêndoas são indicadas. Só esteja alerta quanto as muitas calorias, por isso o recomendável é duas a três unidades por dia.

Aveia: Uma de suas fibras em especial, a betaglucana, ajuda a manter o nível de glicose no sangue estável. Cereais de uma forma geral, funcionam melhor nas suas versões integrais. Além dos refinados serem mais pobres em nutrientes, ainda possuem mais calorias e açúcar.

Farinha de Banana Verde: “O amido resistente características da fruta verde reduz o aumento de glicose no sangue” assim tornando a farinha de banana verde uma ótimo alimento que ajuda a controlar a diabetes. O recomendável é compra a farinha já pronta em lojas de produtos naturais. Consuma 2 colheres (sopa) por dia.

Batata Yacon: A batata tradicional é apontada como uma das grandes fontes de carboidratos. O fato dos carboidratos da batata yacon serem do tipo frutano a deixa com menor índice, o que lhe valeu o apelido de batata diet.

A nutricionista confirma. “Rica em fibras solúvel e probióticos, essa fruta vem sendo utilizada em pesquisa com diabéticos, já que seu consumo parece não aumentar a quantidade de açúcar no sangue”. E embora seja uma batata, seu sabor e textura lembram mais os de uma pera.

Quinoa: A quinoa além do baixo índice glicêmico, a pequena semente é muita rica em proteínas, vitaminas e minerais.

Peixes de Água Frias: Atum, salmão e sardinha possuem antioxidante que ajuda a combate o colesterol e o diabetes por aumenta a sensibilidade á insulina.

A proteção á saúde humana esta relacionada com a diminuição da inflamação e com a redução dos níveis de colesterol e de lipoproteínas de baixa densidade (LDL) no sangue.

Os ácido graxos ômega-3 agem modulando o sistema imunológico e diminuindo a peroxidação lipídica e os risco de arteriosclerose”, diz Robena

Linhaça e Chia: São duas sementes ricas em ácidos graxos aminoácidos e fibras (principalmente as lignanas). Sua atuação fortalecer a imunidade, melhora a circulação e controla a glicemia.

Como, no caso de diabéticos o esvaziamento gástrico é mais devagar, ambas melhoram a função intestinal. Sem falar que proporcionam maior sensação da saciedade o que facilita a manutenção do peso.

Soja: Fora o baixo nível glicêmico, tem papel de prevenir contra o câncer e doenças cardiovasculares.

Canela: É uma boa sugestão para os diabéticos tipo 2, pois, além de controle glicêmico traz benefícios para o sistema cardiovasculares. A recomendação é usar 1 colher (chá) de por dia salpicada nos alimentos.

Chá Verde: Apresenta a catequina EGGC, substancia funcional que previne a retinopatia diabética (que gera lesões na retina ocular) e a neuropatia diabética (falta de sensibilidade nos nervos que pode ocasionar ate amputações), sintomas associados com a doença. Consuma 1 xícara (chá) por dia

Gengibre: Como uma das consequências do diabetes são problemas de circulatório, seus antioxidantes irão ajuda a desobstruir o caminho para que o sangue possa fluir mais facilidade.

Maça Gala: Contém fibras solúveis com alta capacidade de retenção de carboidratos. Quando consumida antes das refeições, retarda a absorção dos açúcares, reduzindo os riscos de hiperglicemia”, aconselha a nutricionista.

Frutas Vermelhas: Amora, morango, jabuticaba e as demais frutas de coloração vermelha ou roxa são repletas de flavonoides potentes, com ação anti-inflamatório que ajuda na circulação sanguínea.Berinjela: Outro item entra na lista por conter fibras que vão auxiliar na digestão. O bom número de flavonoides ainda facilitar o trabalho das artérias, evitando seu entupimento.

Leite e Derivados: São ótimo fornecedores de cálcio, mineral que, além de fazer bem aos ossos, causa uma melhora no metabolismo da glicose. Porem, são compostos em boa parte de gorduras. Então, a solução é procura por leites e iogurtes desnatados e queijos brancos, a exemplo de ricota.

Alho: Fornece zinco, enxofre, substancias importantes na fabricação de insulina pelo organismo. De quebra, também possui potássio, eliminado pelos diabéticos em maior proporção através da urina.

Azeite: “Como acontece com o salmão, o óleo é rico em ômega -3 gordura do bem” que serve para facilitar a transmissão dos impulsos nervos através dos neurônios.

A meta principal do tratamento para diabetes é reduzir os níveis de açúcar no seu sangue. E isso sempre possível com uma mudança em sua rotina, alimentação saudável e atividades físicas.

 

Mas isso não exclui visitas regulares ao seu médico, para controle dos índices glicêmicos. Nunca inicie nem interrompa o uso de um medicamento por conta própria. Embora o diabetes não tenha cura, é possível levar uma vida normal: saudável, ativa e feliz.

Comentários
COMPARTILHAR